AÇORESMADEIRAALENTEJOALGARVEBEIRA INTERIORBEIRA LITORALMINHORIBATEJOESTREMADURATRÁS OS MONTES

  Googl 

Busca Mundial Busca  Portugalweb.net

INDEX

APENDICE:

ALDEIAS

FOTOS

MAPAS

TEMPLÁRIOS

MONUMENTOS NACIONAIS

GLOSSÁRIO

FORTES E FORTALEZAS:

S. João Baptista

S.Neutel

Forte de Crismina

S.Francisco

Forte de Santa Catarina

Fortaleza Ponta da Bandeira

Torre da Medronheira

Fortaleza de Nossa Senhora da Luz

Portugal no mundo:

FORTES E FORTALEZAS

Fortalezas de Portugal

CASTELOS DO MUNDO

BRASIL

 Discover the castles of the Algarve
THE LIBRARY OF IBERIAN

RESOURCES ONLINE

A SOCIETY ORGANIZED FOR WAR
 

  MY CASTLE  WEB RING


pordata

BRASIL500

Casa para férias na Guarda

 

 
  CASTELO MENDO

Ocupa um cabeço situado a 762 m de altitude sobranceiro ao ribeiro de Cadelos e ao rio Côa. Integra dois núcleos urbanos destacando-se o recinto do castelo na zona mais elevada.

A provável edificação do castelo ocorreu em fins do séc. XII no reinado de D. Sancho I. Em 1229 recebe carta de foral por D. Sancho II onde são mencionados o castelo e o alcaide Mendo Mendes. Daqui decorre a edificação do primeiro recinto muralhado. A segunda cintura muralhada, bem como a Torre de Menagem, advém de D. Dinis, em 1281. Em 1297, com a assinatura do Tratado de Alcañices, a fronteira afasta-se de Castelo Mendo.

É um castelo românico-gótico cujas cinturas são de traçado ovalado irregular e com demarcação da Cidadela no primeiro recinto defensivo. A Torre de Menagem é de planta rectangular.

Com a Reforma Liberal extingue-se o concelho e inicia-se um processo de degradação progressiva.

 

Pela sua localização em zona fronteira, a evolução histórica de Castelo de Mendo está profundamente ligada à vocação militar de defesa e consolidação do território nacional. Supõe-se que a estrutura urbana do aglomerado date dos primeiros tempos da Monarquia.
Crê-se que terá sido um castro neolítico, sobre o qual os romanos assentaram um oppidum, com três ordens de muralhas, importante na ocupação militar e administrativa. Por ali passavam também as vias romanas de ligação a Almeida e à Guarda.
Com as invasões dos bárbaros e, mais tarde, dos muçulmanos, Castelo Mendo caiu em ruínas. E assim D. Sancho I a terá encontrado, tendo ordenado a reedificação do seu castelo e concedendo-lhe foral em 1186, com muitos privilégios.
D. Sancho II mandou reforçar e ampliar muralhas, concedendo-lhe novo foral em 1239.
D. Dinis, em 1285, remodelou o Castelo e ampliou de novo a cerca das muralhas; deu-lhe também Carta de Feira, a 18 de Dezembro de 1281, criando assim, talvez, a primeira feira portuguesa, para o que foram concedidos muitos privilégios: a feira era anual e decorria durante 15 dias, entre finais de Abril e princípios de Maio. Em 1295 D. Dinis deu de novo foral a Castelo Mendo, ampliando os privilégios já concedidos, e nomeou como Alcaide D. Mendo Mendes, na origem do seu topónimo.
D. Fernando manda de novo restaurar as muralhas, já no último quartel do séc. XIV.
Durante a crise de 1383-85 D. João de Castela, casado com D. Beatriz, filha de D. Fernando, terá passado por Castelo Mendo quando invadiu Portugal.
Esta fortificação desempenhou um papel de assinalada importância durante a época medieval (sempre que os conflitos com Castela ameaçavam a integridade do território nacional) e também no séc. XIX (Invasões Francesas e lutas liberais).
Com D. Maria I foi criada, em 1782, a primeira escola oficial.
Castelo Mendo foi sede de concelho até 1855, tendo passado então a integrar o concelho do Sabugal; mais tarde, em 1870, passou a pertencer ao concelho de Almeida.

A vocação militar de Castelo Mendo
 

Pela sua localização em zona de fronteira, a evolução histórica de Castelo Mendo está profundamente ligada à vocação militar de defesa e consolidação do território nacional. Crê-se que terá sido um castro neolítico sobre o qual os romanos assentaram um "oppidum", com três ordens de muralhas, importante na ocupação militar e administrativa. Com as invasões dos bárbaros e mais tarde, dos muçulmanos, Castelo Mendo caiu em ruínas. Assim, a deve ter encontrado D. Sancho I tendo reedificado o seu castelo e concedido-lhe o foral O castelo romano-gótico situa-se num cabeço a 762 metros de altura de altitude e inclui dois núcleos urbanos amuralhados, donde se destaca o recinto do castelo na zona mais elevada.. Em Março de1229, D. Sancho renova-lhe o foral e ordena o reforço e a ampliação do castelo. Concede-lhe também Carta de Feira. Nesta Carta fica estabelecida a realização da Feira, pela Páscoa, de São e de São Miguel, que tinha a duração de oito dias e um mercado de pão, carne e peixe. A feira é considerada a primeira oficial do reino. O local da realização desta feira é desconhecido, mas julga-se que deveria decorrer junto à Porta da Guarda, na Rua da Praça. Em 1281 é tornada Feira Franca por determinação de D. Dinis. Esta passou a ter uma periodicidade anual e uma duração de 15 dias. Decorria entre finais de Abril e princípios de Maio. É este monarca que em 1285 ordena remodelações e ampliações ao castelo e que dá novo foral a Castelo Mendo, nomeando como alcaide D. Mendo Mendes, o que veio originar o topónimo da povoação.

Em 1510, D. Manuel outorga-lhe novo foral. No último quartel do século XIV, D. Fernando ordena novo restauro das muralhas. Castelo Mendo terá sido ponto de passagem de D. João de Castela, casado com D. Beatriz, filha de D. Fernando, por alturas da crise de 1383-85 quando invadiu Portugal. Filipe IV fez desta vila cabeça de condado a favor de D. Jerónimo de Noronha, segundo filho dos condes de Linhares. Esta fortificação desempenhou um papel de assinalável importância durante a época medieval, sempre que os conflitos com Castela ameaçavam a integridade do território nacional, e também no século XIX, com as guerras da Restauração, e no século seguinte pelas Invasões Francesas e lutas liberais.

Esta freguesia foi sede de concelho até 1855, época em que passou a integrar o concelho do Sabugal. Em 1870 foi transferida para o concelho de Almeida

 

 

 

Casa para férias na Guarda

 

Casa para férias na Guarda

 
     CASTELOS NO MUNDO
  

Setubal   Guarda   Almada    Castelos  Seia  Seixal    Sesimbra  Palmela  Arqueologia   Historia        Portugal no mundo

intercâmbio  ttt   Contactos    Publicidade

Copyright © swspt.

 

 


Buy Direct Text Link Ads at Direct-Link-Ads