Googl 

Busca Mundial Busca  Portugalweb.net

INDEX

REGIÕES:

AÇORES

MADEIRA

ALENTEJO

ALGARVE

BEIRA INTERIOR

BEIRA LITORAL

MINHO

RIBATEJO

ESTREMADURA

TRÁS OS MONTES

APENDICE:

ALDEIAS

FOTOS

MAPAS

TEMPLÁRIOS

MONUMENTOS NACIONAIS

GLOSSÁRIO

FORTES E FORTALEZAS:

S. João Baptista

S.Neutel

S.Francisco

Forte de Santa Catarina

Fortaleza Ponta da Bandeira

Torre da Medronheira

 
Jogos Olímpicos Levam Arqueólogos a Atenas
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2004

A proximidade dos Jogos Olímpicos, que começam a 13 de Agosto, mergulhou a capital grega numa gigantesca campanha de escavações arqueológicas. À frente das retroescavadoras utilizadas pelos consórcios de construção, que trabalham 24 horas por dia para compensar quatro anos de atrasos, estão neste momento dezenas de equipas de arqueólogos, procurando recuperar o maior número possível de artefactos.

Enquanto a cidade se prepara para o futuro, os especialistas tentam reunir mais informações sobre o seu passado. Até agora, os achados vão desde a pré-história ao período romano (ruínas de um cemitério com 2500 anos), época de expansão do cristianismo em que o imperador Teodósio aboliu as Olimpíadas (ano 394) por serem uma festa pagã.

Para Dina Kaza, a arqueóloga que dirige as escavações em cinco sítios relacionados com as obras de preparação para os jogos - incluindo as do antigo aeroporto, junto ao mar - os vestígios encontrados até ao momento não são espectaculares, mas dão um importante contributo para uma melhor compreensão da história da cidade. "Nunca sabemos o que o chão nos esconde", disse Kaza à CBS News. "Não acredito que alguma vez tenham sido feitas escavações a esta escala em Atenas."

Os resultados dos trabalhos arqueológicos têm obrigado as autoridades a encontrar soluções de compromisso, porque há casos em que os vestígios identificados são demasiado grandes para remover. Na aldeia olímpica, a equipa de Maria Platonos descobriu um extenso sistema de canos subterrâneos construído no período romano e utilizado até ao século XIX para garantir o abastecimento de água a Atenas. "Os canos foram escavados e limpos e agora há planos para tornar o monumento mais visível ao longo dos jardins da aldeia olímpica", explicou Platonos.

Mas, há outros exemplos em que a preservação no local de origem é impossível. É o caso de algumas das casas da Idade do Bronze (com 4000 anos) deslocadas para a construção da avenida olímpica ou da via e edifícios com 2500 anos descobertos nos terrenos da auto-estrada para o novo aeroporto de Atenas.

Rejeitando responsabilidades no atraso das obras, Dina Kaza acrescentou: "O trabalho arqueológico é feito sempre à última da hora, quando podia ter começado há muito tempo mas, infelizmente, os planos de construção não estavam prontos a tempo." As dezenas de equipas de arqueólogos vindas de todo o mundo prometem não descansar enquanto as obras decorrerem

 
 
     CASTELOS NO MUNDO
  

Setubal   Guarda   Almada    Castelos  Seia  Seixal    Sesimbra  Palmela  Arqueologia   Historia        Portugal no mundo

intercâmbio  ttt   Contactos    Publicidade

Copyright © swspt.

 

 


Buy Direct Text Link Ads at Direct-Link-Ads